Enquete 643- Objeção de consciência do médico e aborto legal

A lei brasileira autoriza a realização de aborto em situações  de gravidez decorrente de estupro (até 22 semanas), associada a risco de morte da mãe e  com identificação de feto anencéfalo.

Médicos têm o direito de não praticar o procedimento legal por objeção de consciência.

Considerando a hipótese da presença de único médico para efetuar o procedimento legal

Visualizar Resultados

Carregando ... Carregando ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *