424- Pensamento lateral em consultoria de Bioética

Uma consultoria em Bioética  pode contribuir para a resolução de um conflito por meio do chamado pensamento lateral (Edward de Bono, nascido em 1933). Refere-se a utilizarmos caminhos fora dos já trilhados pelas partes, habitualmente, convencionais. Tem a ver com a potencialidade da criatividade. É especialmente útil quando as partes já esgotaram seus argumentos, opiniões e crenças sem resultado e o consultor entende que tão somente repassar as mesmas ponderações não trará benefício.

O seis passos são:

  1. Coleta e organização dos dados sem nenhum trabalho de julgamento ou conclusão.
  2. Observação sobre os objetivos em jogo no conflito.
  3. Ponderação sobre possíveis  inconveniências de contribuições.
  4. Liberação da capacidade de resposta sensitiva – impressão, ideia, emoção e pensamento.
  5.  Liberação da criatividade
  6. Reunião do obtido nestas fases e seleção para elaboração da apresentação às partes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *