Enquete 479- Confio, logo consinto

– João você precisa fazer um procedimento, uma operação no tórax para se livrar do seu problema.

– É preciso mesmo, doutor?

-Não tenho nenhuma dúvida.

– Bom, neste caso, pode fazer doutor.

-Então, antes de  anotar o seu consentimento vou lhe explicar tudo, o que a equipe considerou para indicar a operação, como ela será feita e o que deverá acontecer depois.

-Doutor, vamos pular esta parte, confio no senhor e pronto!

-É que é praxe esclarecermos…

-Doutor, o senhor é meu médico e eu sou seu paciente… Quando será a operação?

Sob condições de boa relação médico-paciente, o consentimento baseado na confiança é moralmente superponível ao consentimento esclarecido?

Visualizar Resultados

Carregando ... Carregando ...

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *