Enquete 364- Ciência e LGBT

gender_id

Crédito: http://www.bioedge.org/bioethics/provocative-new-study-questions-the-science-of-gender/11978

A sexualidade é tema complexo da condição humana. Pesquisas são ao mesmo tempo bem-vindas, desafiadoras de crenças e  provocadoras de reações diversificadas. Mas elas são essenciais.

Ponto de interesse da área da saúde é a observação que minorias sexuais apresentam maior incidência de depressão, ansiedade, uso de droga ilícita e suicídio, em relação à população de modo geral. Estigmatização, discriminação e preconceito são aspectos sociais considerados como causas das disparidades. Outras possibilidades, todavia, precisam ser estudadas. Há interesse especial na verificação de evidências científicas a respeito  do tema LGBT.

Artigo recente concluiu que não existe  até o momento evidências científicas sólidas que tanto a orientação sexual, quanto a identidade de gênero sejam inatas, características biologicamente fixas da condição humana, independentes do sexo biológico.

http://www.thenewatlantis.com/docLib/20160819_TNA50ExecutiveSummary.pdf

Tal informação provoca grande fenda entre opinião pública e voz da ciência sobre o “nascido assim”, sobre a figura de um homem aprisionado num corpo feminino ou de uma mulher aprisionada num corpo masculino.

A expansão de estudos de cunho científico é essencial para a análise de temas LGBT por médicos, cientístas e cidadãos em geral?

Carregando ... Carregando ...

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *