Enquete 339- Um inseto e um vírus quebrando os elos olímpicos?

olimp

Crédito: http://ebooks.pucrs.br/edipucrs/Ebooks/Pdf/978-85-397-0736-2.pdf

O consagrado golfista irlandês Rory Mcllroy (nascido em 1989)  comunicou a decisão de não participar das Olimpíadas no Rio de Janeiro, tendo declarado: “… Minha saúde e a saúde da minha família vêm antes de qualquer coisa… Embora o risco de infecção pelo vírus Zika seja considerada baixa, ainda assim é um risco e um risco ao qual eu não quero me expor…”. http://portugues.medscape.com/verartigo/6500308

A respeito,  o professor de virologia  da University of Nottingham, Reino Unido, Jonathan Ball comentou: “… Obviamente, eu não sei as razões para esta decisão, mas ela me parece extrema. As chances de ser infectado pelo vírus Zika são baixas, especialmente se você se proteger das picadas de mosquito usando roupas de mangas longas e calças compridas e usando um bom repelente de insetos…”.

O risco trazido por um inseto e um vírus é tão forte a ponto de quebrar o simbolismo dos aros olímpicos de Coubertin?

  • Sim (0%, 0 Votes)
  • Não (0%, 0 Votes)

Total de Respostas: 0

Carregando ... Carregando ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *