Enquete 271- Impeachment do editor da revista científica?

Em tempos em que o Brasil vive a possibilidade de um segundo impeachment presidencial de sua história republicana, vale conhecer o fato acontecido quando corria a discussão sobre  o pedido de impeachment  do presidente dos EUA William Jefferson Blythe III  (Bill Clinton, nascido em 1946).

É sabido que o editor de uma revista científica tem alta responsabilidade pessoal na missão de decidir  sobre vários  aspectos do periódico, incluindo o tipo de  material que deve ser publicado. Fatores externos à ciência não costumam influenciar  a decisão publique-se/não se publique.

Em Janeiro de 1999,  o editor do excelente Journal of the American Medical Association (JAMA) foi  demitido sumariamente pelo vice-presidente executivo da  American Medical Association (AMA) após 17 anos de  exercício da função. A alegação foi a perda da confiança por ter apressado a publicação de um artigo  para obter  vantagens políticas. A “pressa” significava coincidência  com  o processo de impeachment de Clinton, que como se recorda foi motivado pela denúncia de sexo com uma estagiária na Casa Branca.

A explosiva informação contida na publicação foi: 60% dentre 599 estudantes pesquisados no ano de 1991 entendiam que a prática de sexo oral não era  ter sexo de fato (Quadro).  Em nenhum momento, a qualidade do estudo foi  motivo de questionamentos.

Table

http://jama.jamanetwork.com/article.aspx?articleid=188367

Um editor de revista científica deve ser responsabilizado por falta de sensibilidade sobre eventuais impactos do timing de uma publicação numa dimensão além da científica?

Visualizar Resultados

Carregando ... Carregando ...

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *