Enquete 254- Colega e irmão?

O Juramento de Hipócrates  original contém: Ter seus filhos por meus próprios irmãos.

O chamado Juramento de Hipócrates moderno, na verdade a Declaração de Genebra de 1948, inclui: Meus colegas serão minhas irmãs e irmãos.

Uma bonita figura de linguagem, sem dúvida. Mas será que persiste aplicável? Ainda mais quando há necessidade de o  nosso Código de Ética Médica vigente lembrar ao médico que ele deverá ter para com os colegas, respeito, consideração e solidariedade?

Ademais, há o capítulo Relações entre os médicos sob o caput É vedado ao médico, de onde destaco 5 artigos: 47-  Usar de sua posição hierárquica para impedir, por motivo de crença religiosa, convicção filosófica, política, interesse econômico ou qualquer outro, que não técnico-científico ou ético, que as instalações e os demais recursos da instituição sob sua direção, sejam utilizados por outros médicos no exercício da profissão , particularmente se forem os únicos existentes no local; 48 – Assumir emprego, cargo ou função para suceder médico demitido ou afastado em represália à atitude de defesa de movimentos legítimos da categoria ou da aplicação deste Código; 51 – Praticar concorrência desleal com outro médico; 53 – Deixar de encaminhar o paciente que lhe foi enviado para procedimento especializado de volta ao médico assistente; 54 – Deixar de fornecer a outro médico informações sobre o quadro clínico de paciente, desde que autorizado.

Numa visão realista, você que convive com colegas médicos há pelo menos 10 anos, manteria a superposição entre coleguismo e irmandade na próxima revisão prevista do Juramento moderno?

  • Sim, pela tradição, apesar dos muitos Caim e Abel que conheço (0%, 0 Votes)
  • Sim, vejo sempre os médicos comportarem-se como verdadeiros irmãos (0%, 0 Votes)
  • Não, no máximo colegas, comportamento fraterno não é aplicável (0%, 0 Votes)

Total de Respostas: 0

Carregando ... Carregando ...