160- A arte da guerra para o médico estar em paz consigo

frases_arte_da_guerraO general Sun Tzu, do rei de Wu, escreveu o livro A ARTE DA GUERRA  há cerca de 2500 anos. Ele viveu na mesma época em que Hipócrates travou  a sua batalha em prol da Medicina e a tornou livre dos deuses.

Desde então, médicos são habituais ativistas da liberdade e da paz. É estimulante analisar certas correlações entre guerra tradicional e outra forma de batalha do dia-a-dia, a do médico, onde são essenciais aspectos táticos e humanos.

Personagem referência é Thomas Sydenham (1624-1689) que foi  soldado no exército inglês de Oliver Cromwell (1599-1658) e, após tornar-se médico, inspirou-se nos campos de batalha para entender a beira do leito e consagrou-se como Hipócrates inglês, Pai da medicina inglesa e fundador da epidemiologia.

Guerras foram sempre estímulos para o progresso da Medicina. Cirurgia cardíaca, transfusão de sangue, critérios diagnósticos para a Febre Reumática têm fortes ligações inovadoras com as mesmas.  Como o poeta grego Simonides (556 ac-468 ac) nos legou, nem mesmo os deuses lutam contra a necessidade.  Continue lendo