BioAmigoBR 37- Primeira medalha de ouro olímpica ganha por brasileiro

guilpareO então tenente do Exército Guilherme Paraense (1884-1968)  foi  o primeiro brasileiro a ganhar uma medalha de ouro olímpica.  No dia  3 de agosto de 1920, nas Olimpíadas da Antuérpia,  ele ganhou a prova de tiro com revólver a 30 metros. Ele passou por dificuldades de transporte desde o Brasil, chegou à Belgica sem seus equipamentos, usou revólver emprestado pelos americanos. Honra ao mérito!

101-Um pouco da Bioética da Beira do leito

BRBioéticaO profissional da Saúde brasileiro não pode dizer que exerce uma atividade monótona. Cada época, cada caso, cada circunstância têm peculiaridades. Nenhum atendimento é  exatamente igual ao anterior e ao subsequente, embora  sejam possam estar sustentados por mesma rotina. É curioso, porque a sensação é que primeiro vem a questão para ser respondida, depois é que vem a lição para a resposta.

Assistência e pesquisa constituem as corretas matérias-primas para o aprendizado pós-graduado continuado exigente da Medicina.  Continua-se a assistir aulas e a se debruçar em textos, em intensidades variáveis, todavia, nada é mais instrutivo sobre as realidades plurais da beira do leito do que a proximidade do ser humano necessitado dos cuidados com a saúde. É quando se entende, de fato, o que foi ensinado.

A Bioética da Beira do leito compromete-se com esta pedagogia. Ela objetiva  contribuir para o encontro da modelagem mais conveniente para a atenção – aqui e agora- às necessidades de atendimento à saúde do brasileiro. O propósito inclui a interação entre benefício, segurança e consentimento, idealmente, delineado de acordo com o estado da arte da Tecnociência em Medicina, Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Psicologia e demais afins e com a consideração à natureza humana do envolvimento profissional da saúde- paciente/familiar. Continue lendo