13-Estou no celular, logo existo

Pessoas andam na rua, pessoas sobem e descem escadas, pessoas comem em restaurantes.  Qual é a novidade?  Estão fazendo com a atenção num smartphone.  Conectado com o mundo, conectado com todo o mundo, mas não conectado com a paisagem do caminho, com a cautela  na escadaria, com os amigos de refeição que aceitaram o convite, que se torna surrealista:  – …Vamos almoçar juntos?…”.

Um dos aspectos do vício é o prejuízo às atividades rotineiras. Alguém que não foi   trabalhar para ir ao Hipódromo apostar páreo por páreo virou reminiscências do passado. Ser alcoólatra já convive mais com não estar sob o efeito do álcool. Vício  não é incurável. Continue lendo